terça-feira, abril 24, 2007

25 de ABRIL, SEMPRE !!!

33 anos já passaram desde aquela gloriosa madrugada...

hoje já quase não recordamos aquele tempo da voz amordaçada, da liberdade negada, do isolamento forçado.
Temos a obrigação de transmitir aos jovens de hoje que, felizmente não viveram esses tempos, a memória de como sofremos, lutámos e por fim rejubilámos, para que a "longa noite" não seja possível, nunca mais!
Ainda bem que podemos contar aos nossos filhos, quiçá aos nossos netos, que houve um tempo em que as pessoas eram perseguidas por expressarem as suas ideias e em que a cultura do medo era o nosso dia-a-dia e vê-los ficar incrédulos perante essa realidade que nem conseguem imaginar!

Graças a tantos que lutaram e resistiram durante a longa noite de 48 anos, a muitos que cantaram a liberdade - Zeca Afonso foi só o maior de todos - e aos "Capitães de Abril" que libertaram o povo português das amarras do obscurantismo e da repressão, naquela manhã de Abril, podemos hoje ter coisas tão "comezinhas" como a liberdade de expressão, de reunião, de votação livre, de sermos enfim, cidadãos por inteiro!

Mas, atenção... os "vampiros" comeram tudo e ainda comem, ainda é preciso "agitar a malta", vir para a rua gritar, continuar atento e vigilante!...

Obrigado ao Zeca e a tantos outros cantadores da resistência!
Obrigado a todos os lutadores anti-fascistas!
Obrigado aos Capitães de Abril!
Obrigado ao povo português que manteve a esperança acesa e apoiou de imediato a Revolução dos Cravos!

Viva Portugal livre, solidário e democrático!

1 comentário:

Moriae disse...

Que texto bonito! Obrigada :)